CURSO DE AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL E AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL AVANÇADA

CURSO DE AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL E AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL AVANÇADA

Artigos

A automação predial é responsável por reduzir de 10% a 15% de gastos com energia elétrica 2

Eva Mothci


Direto de Curitiba



A automação predial é responsável por uma redução de 10% a 15% nos gastos com energia elétrica. De acordo com Roberto Adams, da HomeSystems, este é um dos principais benefícios considerados na adoção da "casa inteligente" - na qual a automação integra os mais diferentes sistemas (iluminação, calefação, segurança, entre outros) e centraliza sua administração.


Em palestra durante o 1º Fórum Mazer de Tecnologia, realizado nesta terça-feira em Curitiba, Adams destacou, além da economia e da comodidade, a flexibilidade, a segurança e o acesso remoto como outros benefícios para a adoção da automação predial. Na segurança, os circuitos fechados de TV substituem o tradicional "olho mágico", com a vantagem de permitir que se possa vigiar a casa a partir do escritório, por exemplo.


E quanto custa automatizar uma casa ou um prédio? Dependendo da complexidade do projeto, os custos variam de R$ 1 mil reais (para o sistema de iluminação de uma sala de reuniões, por exemplo) até R$ 200 mil (uma casa com todos os sistemas automatizados - luz, abertura de portas, janelas, cortinas e portões, segurança, piscina, etc). "Hoje é possível automatizar um living - abertura de duas janelas, iluminação, cortinas e climatização - por menos de R$ 5 mil", disse Adams. A Homesystems é uma fabricante de equipamentos que nasceu em Porto Alegre e ali criou um mercado. "Mostrando para o arquiteto e para o engenheiro os benefícios da automação, motivou-se uma série de clientes a querer usufruir destes benefícios". Por enquanto, o maior mercado para a automação predial ainda é o corporativo. O mercado residencial, diz Adams, também cresce, mas "de forma muito tímida".



FONTE: Terra