CURSO DE AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL E AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL AVANÇADA

CURSO DE AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL E AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL AVANÇADA

Artigos

Cresce procura por automação residencial

Está crescendo a procura por soluções de automação. Na construtora J.A. Baggio, com sede em Curitiba, a maioria dos clientes já pede alguns itens logo no projeto da casa, e ainda acaba adotando outros durante a construção. Hoje é possível controlar iluminação, ar-condicionado ou piso aquecido, abrir ou bloquear portas, acionar alarme ou qualquer outro dispositivo da residência por botões programáveis, controles remotos universais, telas sensíveis ao toque, celular ou mesmo internet. "Os clientes vêem este investimento como um ganho na qualidade de vida. Quando chegam à construtora, eles já têm em mente que a casa terá este ou aquele item de automação", conta a engenheira Blanca Baggio, diretora comercial da empresa. Os itens mais procurados são voltados aos cenários de iluminação, segurança e home theater.

Conforme explica Roberto Schwank, da X-Home Lar & Tecnologia, empresa parceira da J.A. Baggio, automatizar uma casa é criar soluções que facilitem o controle e gerem mais conforto, economia e segurança para a família. Para quem pretende automatizar o seu projeto, é importante entender a diferença entre sistemas autônomos e sistemas integrados: quando há integração de sistemas, os diversos equipamentos vão trabalhar em conjunto, criando facilidades que não seriam possíveis sem essa concepção no projeto de tecnologias. Uma simples, porém grande inovação é o projeto elétrico da marca EletriFlex, que permite flexibilidade e total automação elétrica facilitando o controle de luzes (desliga tudo, cenas, dimmer), abertura de portas e portões, acionamento de persianas motorizadas, calefação e outras necessidades de controle que o cliente percebe só depois que a obra está concluída.

Em casas de alto padrão, há procura por formas mais eficazes de controle de acesso que envolvem aplicação de biometria e monitoramento por câmeras e sensores. Outro item que é bastante incentivado pelos arquitetos são os "cenários de iluminação", para destacar a arquitetura e a decoração. Há ainda uma série de novos produtos que foram desenhados para aplicação residencial, como é o caso dos sensores de gás e fumaça, que possuem acabamento discreto e são altamente funcionais. Os itens de conforto e entretenimento vêm logo depois, com índices crescentes a cada ano.

Os clientes que procuram por automação normalmente são casais esclarecidos e inovadores com bom poder aquisitivo e que desejam valorizar seu investimento. As mulheres estão começando a demonstrar mais interesse pelo assunto, pois percebem que o conceito de proteção da família pode ir além da instalação de alarmes contra invasão. Também os jovens têm uma forte tendência a aceitar novas tecnologias.


FONTE: Paranashop